domingo, 4 de janeiro de 2009

Violência



É com particular atenção que sigo o conflito na faixa de Gaza.
A história diz-nos que é um conflito sem fim à vista...
Ao ver imagens de atentados suicidas ou ataques das tropas Israelitas, ao ver feridos, entre eles tantas crianças, ao ver tanta e tanta violência, recordo-me das sábias palavras de Dr. Mather Luther King:

"A derradeira fraqueza da violência é o facto de ser uma espiral descendente. Responder à violência com violência só multiplica a violência, tornando ainda mais escura uma noite já privada de estrelas."

5 comentários:

eva disse...

Mas eles não querem parar... Não conseguem ver outra coisa à frente :(

gimbras.nofuturo.com disse...

Fogo... Que raios! Que tristeza ver aquela gente assim.

Neste caso, eu nem sei de que lado estou. Não sei se havia direito de Israel ter nascido ali, mas tmb diz q aquilo era deserto...

Olha, sei lá. Não podiam chegar a um acordo?

Angelik disse...

Sábias palavras!
Violência não se trava com violência...mas enfim!

Sabes que o armamento bélico também tem que escoar nem que seja à base de perdas de vidas humanas, inclusivé crianças... Este mundo em que vivemos assim não vai longe!
Mais não digo porque estou copm muito sonninho!
Beijocas

Sofia disse...

Realmente não percebo como é que, em pleno século XXI, com a evolução do mundo, das tecnologias, do nível de vida, as mentalidadas continuam tão retrogradas. Quando é que isto muda?

Um gajo qualquer... disse...

Não creio que um final feliz venha a acontecer.

Isto não é uma questão de território, é uma questão religiosa!! Questão essa que se porlonga à séculos...


:(