sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Hollywood Hot Pink Love - Take XV

De volta às contribuições externas.
Rapunzel... Miga... Tagarela... As palavras são tuas e fantásticas!!


"Quando vi a cena do Blow, do último Hollywood Hot Pink Love, lembrei-me da cena final do Big Fish, o que me levou a relembrar todo o filme.
E se há filmes que não podem ser descritos verbalmente, o Big Fish é um deles. É um filme para ser sentido. Mágico do início ao fim...como o Amor deve ser. E se muitas vezes dou por mim a pensar que não se deve lutar por alguém que se ama, porque não deveria ser preciso, porque nos confins do meu coração (des)encantado ainda acho que à 1ª vista ou à milionésima tem que haver "o" click (e não estou a falar do click "físico"!) e porque acho que a conquista, não a luta, tem que ser "diária", este filme consegue-me tocar em todos os sentidos que o Amor pode ter... Porque Amar não é o sentimento de "posse" que inconscientemente (ou não) vamos tendo... Amar é não ser egoísta. É querer o melhor para a pessoa que nos preenche...ainda que isso signifique não a "termos" da maneira que queríamos. E, para mim, se "ele" está feliz, eu estou feliz!"


Take XV




Obrigado pela sugestão Tagarela!! São cada vez mais os filmes que tenho na minha lista "Must see!"


Enviem as vossas sugestões para:
um.gajo.qualquer.pancadas@gmail.com

3 comentários:

Rapunzel disse...

tens que começar a pôr isso em dia...

e há muitos que eu quero rever! este é um deles! :)

bjo


(entretanto já me lembrei de outro! :D)

...Ju... disse...

acho que dificilmente conseguiria escrever tão bem como a Rapunzel fez para descrever o "tal" sentimento...

bjinho*

Miss Kin disse...

Bom filme sem dúvida.
Quanto ao amor, isto de o termos que deixar ir, parece-me sempre um desperdício de tempo e de sentimento, que acabam por fazer mossa e alguém vai ter que "levar com isso", alguém sempre leva...