domingo, 6 de dezembro de 2009

Desilusão

Amanhã vou ter umas das conversas mais complicadas que se podem ter... Vou ter que dizer a Mãe, e escrevo com M maiúsculo pois é uma grande mãe, que o seu filho rouba.
São 1h30 e ainda não sei como vou ter esta conversa... Como é que vou dizer a esta mulher que já muito sofreu que um dos seus filhos rouba porque não tem como sustentar a adolescência que leva? Esta mulher de quem só tenho a falar bem, que educou o filho mais velho com príncípios como a honestidade, humildade e respeito sempre presentes e que agora tem que encarar a dura realidade que um dos seus filhos não segue esses princípios e que para continuar a ser o puto popular, o puto engraçado de quem todas as miúdas gostam, rouba os colegas...
Eu sinceramente nem sei como vou começar a conversa....

9 comentários:

Miss Kin disse...

Pergunta parva ou talvez não, já falaste com o puto?

Rapunzel disse...

Como sempre, é melhor começar pelo início!
Boa sorte!

beijinho

Malinha viajante disse...

Que conversa complicada, sinceramente não sei como ajudar. Tenho a certeza que irás encontrar as melhoras palavras para esta conversa ;)
Grande bj*

sophia disse...

A quem está de fora pode parecer mais fácil. Mas imagino-me na situação e acho que estaria como tu. Assim, não sei bem como ajudar, mas o melhor é mesmo ser sincero, directo, mas com cuidado, dar espaço à outra pessoa e ouvi-la. Boa sorte!

...Ju... disse...

com muitaaaaaaaaa calma...

pensamentosametro disse...

Na realidade é uma conversa tudo menos fácil. Vá devagar, talvez procurando uma solução com ela. Esta conversa pode salvar a vida a esse miúdo, força.


Bjo


Tita

Hannah disse...

Não é fácil, não...

Sílvia Maria disse...

Assunto delicado! Força!

sophia disse...

Como correu?