quarta-feira, 30 de maio de 2012

Tarmac


Voltei ao alcatrão... Eu, os meus ténis, os meus pensamentos, e... alcatrão.
Alcatrão a passar debaixo dos meus pés a um ritmo constante, idêntico ao ritmo que os pensamentos me atravessam a mente.
Tinha saudades de tudo, dos pensamentos, do som que os ténis fazem ao tocar o alcatrão, da respiração ofegante, do suor a escorrer na testa, da dor nas pernas... quase como uma auto flagelação... merecida e desejada. 

3 comentários:

Vera, a Loira disse...

E é tão bom voltar a fazer aquilo que gostamos depois de um tempo.

I. disse...

Tens um selinho para ti no meu blog :)*

Isaa ♥ disse...

sigo =)