segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Chá de cidreira...

...poderá ser para muitos só mais um chá, ou até mesmo o seu chá preferido, mas para mim é uma recordação, tal como são imagens ou sons.

Ingeri algo que me está a atormentar o estômago, como tal hoje pela manhã ao entrar no café do costume pedi uma torrada e um chá.
A D. Maria, proprietária do café, que é uma senhora para lá de simpática, sempre atenciosa, sempre preocupada, trata alguns de nós como se fossemos seus filhos, ao receber o meu pedido perguntou: estás mal de amores?? A má disposição não me deixou compreender a questão...
Assim que o chá tocou os meus lábios tudo fez sentido, com o travo de cidreira vieram as memórias das noites sem dormir seguidas das manhãs sem apetite.
Nessas semanas de angústia a D. Maria nunca fez uma pergunta, mas todos os dias lá me obrigava a comer qualquer coisa.
Quem já muito viveu lê nas entrelinhas...


Para mim chá de cidreira sabe a sofrimento...

7 comentários:

mimanora disse...

Apesar de estares indisposto e de teres recordado o sabor do sofrimento achei o texto uma ternura.
Há pessoas que discretamente e sem "obrigação" cuidam e se preocupam connosco e isso é uma sensação muito boa.

kris disse...

Ah pois!! O chá de cidreira..que dizem fazer bem aos males de estomago..quem ler nas entrelinhas sabe que os males de amor acabam sempre em dores de estomago. É a primeira vez que visito o teu canto..mas vou voltar.

Segredo Cor de Rosa disse...

deixei um agradecimento para ti no meu blog...
eu não sou muito amante de chás, mas o de cidreira é dos poucos que bebo...
e sim... o chá sabe a sofrimento (quando andamos doentinhos, do corpo e da alma).
Toca a arrebitar.
Beijinho grande

...Ju... disse...

é porque o chá sabe a sofrimento que eu sou adepta do café... é forte e faz enfrentar a vida de frente...

bjinho**

eva disse...

Essas pessoas são muito especiais... E sabem tão bem esses "miminhos"... E a propósito: gosto muito de chá :)

Tita disse...

Eu adoro chá... O de cidreira é um dos meus favoritos, mas não é o das saquetas, é em folha mesmo... Sim que eu tenho cidreira num frasquinho (a própria da planta)! ainda sabe melhor e trata melhor dos nossos males!

Um beijone muy grande pa passar esses males todos! Já agora porque me lembrei dum post que fiz à tempos: http://prontoassimtabem.blogspot.com/2008/10/odisseias-parte-i.html

Matrix disse...

Um gajo qualquer, que por acaso até era um génio, disse:
"Onde há muito sentimento, há muita dor"