sábado, 18 de abril de 2009

Perfection (II)




Quando num post anterior escrevi sobre procurar alguém perfeito, tive o cuidado de mencionar que a perfeição pode assumir diferentes formas...


Passei muitos anos, diria demasiados, a tentar tornar uma pessoa perfeita... pois bem, essa pessoa já o era, só não o era aos meus olhos. O tempo deu-me a lucidez para compreender que também eu era imperfeito sob o seu olhar...

Com isto aprendi que não se deve procurar alterar a essência de alguém, mesmo que o pretexto seja a procura da perfeição. Devemos amar aquilo que o outro é e não aquilo que gostaríamos que ele fosse.

Isto tudo porquê?? Qual a razão que me levou a escrever sobre algo que parece tão lógico??

Fi-lo pois convivo diariamente com um enorme sentido crítico, que actua como um travão, impedindo-me de avançar assim que me deparo com a natural imperfeição de alguém. Não quero voltar a passar pelo que passei, não quero estar só por estar, sempre na tentativa de transformar o outro em algo que nunca será.

E então espero... Espero embriagado por uma fantasia que provavelmente nunca irá passar disso mesmo.




[Foto: Paulo Romão]

11 comentários:

disse...

Não há pessoas perfeitas. Só pessoas que são perfeitas para nós...

pensamentosametro disse...

Muitos de nós sentem essa necessidade e a maioria tardaa perceber que está errado.

Bjos


Tita

eva disse...

Gostei muito deste teu post. Em pouco, diz muito... além de ser e ter muito sentido... :)

Debbie disse...

Às vezes exigimos tanto de nós próprios que se torna impossível olharmos o outro sem esse sentido crítico.
As pequenas "imperfeições" são aquilo que às vezes torna uma personalidade interessante e distinta das outras... tal como um tom dissonante ou um ritmo inesperado numa música podem dar-lhe um carácter único.
Vais ver que consegues!

A Tela disse...

Como disse um conhecido realizador: "Todas as manhãs temos uma segunda oportunidade". A evidência para uns é o sentido da vida para outros... e temos que continuar a procurar.

gimbras.nofuturo.com disse...

Perfeita, perfeita é a... cerveja. :P

Peruca de Tule disse...

:)

Pronto. Somos dois...

Cá estamos: waiTinG, HoPinG, WiSHinG & DreaMinG. ;)

BeiJaçOOoOO

Rapunzel disse...

Como um AMIGO me diria, somos mesmo mto parecidos!!! :P

Um gajo qualquer... disse...


É isso aí... ;)

pensamentosametro
...estamos a tratar do assunto. :(

Eva
Thanks!! :)

Debbie
Estou totalmente de acordo contigo quando falas nas pequenas imperfeições fazerem a diferença... Os pormenores tornam-se pormaiores. ;)

A Tela
Uma busca que espero não ser continua... ;)
(Muito bem-vinda!!
Já passei no teu blog e gostei, vou passar mais vezes.)

Gimbras
Tens uma certa razão!! looool

Peruca
Estás cansada como eu?? :(

Rapunzel
Somos não somos?? :)

mf disse...

Pois... Eu estou a tentar mudar isso em mim... E a tentar aprender a que não o façam comigo... Mas não é fácil, não... :(

Peruca de Tule disse...

GAJO:

Sim, às vezes fico cansada... mas tento nunca perder a esperança.

BeijOOoOOoOO e força nisso. ;)