sexta-feira, 15 de maio de 2009

Alvim, és grande!!

Maldita testosterona (por Fernando Alvim)


Todos os compêndios são bem claros quanto a isto: apesar de ser encontrada em ambos os sexos, em média, o organismo de um adulto do sexo masculino produz cerca de 20 a 30 vezes mais testosterona que o organismo de um adulto do sexo feminino. E isto explica muita coisa. As mulheres queixam-se com o período e a incomodidade que muitas vezes este lhes provoca como se isso fosse uma grande coisa. Está na altura de os homens se lamentarem de uma forma chorosa, da sua maldita testosterona.

São 30 vezes mais, 30 vezes mais vontade, 30 vezes mais impaciência, 30 vezes mais a falar sobre isso. E assim não admira, que os homens tendencialmente pensem mais em sexo do que as mulheres. Pudera, então com estes níveis elevadíssimos, que culpa temos nós? Vá lá, digam-me - e agora escrevo para as mulheres - o que podemos nós fazer para combater tamanha maldição que nos persegue, desde o dia em que nascemos?

...Foram muitos os homens que se deixaram trais por isto e acabaram literalmente sem cabeça. A história está cheia de episódios destes. E isto acontecia com tamanha frequência que é daí que vem a expressão: "Aquela mulher é de perder a cabeça!" Porque, de facto, não eram os poucos os homens que a perdiam, ao serem traídos pela sua testosterona e caírem nas ciladas de exércitos inimigos, que usavam as mulheres para os atraírem... ...O que mais me entristece, é que eram outros homens, também eles com níveis altíssimos de testosterona, a fazê-lo. Traidores de um raio!

Daí que a vontade dos homens, quando querem estar com uma mulher, seja obrigatoriamente diferente da vontade de uma mulher estar com um homem... ...Não é que vocês não tenham vontade - têm pois - mas mais facilmente um homem que está no Algarve diz "Preciso ver-te hoje" mete-se no carro e acelera até Bragança, do que uma mulher em igualíssima situação. E o problema é que elas sabem disto!... ...Sabem-no. Possivelmente, 30 vezes mais do que nós."

in, Metro (12 de Maio de 2009)



Como te compreendo Alvim...

14 comentários:

Rapunzel disse...

Homens...

Satine disse...

LOOOOOOOOOOOL

brilhante! mas não me parece que o argumento vá pegar.. ahahaha

Mas não deixa de ser uma óptima tentativa :D

kiss kiss*

sweetie disse...

Ok acredito que não seja fácil, mas fossem os homens mulheres por um dia num daqueles dias mesmo duros e aposto que era ver.vos a desejar ter a testosterona de volta! =P

Daniela Morgado disse...

este homem é demais!

Precious disse...

LOOL adoro o alvim !

mas faço meu o comentario da Sweetie! Nos sofremos bem mais que voces :p lol **

...Ju... disse...

a Rapunzel tem razão... Homens! :)

Caetana disse...

OK, vocês têm a testosterona, nós temos o cérebro. :P

Teresa disse...

Lool =D Muito bom!

(já agora, aceitei a dica!)

Com um beijo

Debbie disse...

Meninos, pára já tudo.
A testosterona justifica muita coisa, sim senhor. Justifica a agressividade, a perda do cabelo e o facto de os homens não terem mamas. Mas ter 30 vezes mais testosterona não significa, de forma alguma, que vocês tenham mais desejo sexual que nós.
Não vale por isso a pena agarrarem-se a essa justificação porque não cola mesmo!

Doidões ;)

disse...

Lolol

Pobres vítimas que são os homens...vou já acender uma velinha por todos vós e a pena pesada a que estão condenados.

Eheh

...Ju... disse...

desafio no meu blog! =)*

Peruca de Tule disse...

;)

Valha-me deus!... Men... :S

Quanto a essa ideia d q um agrupamento de testosterona aos saltos se mete no seu veículo e acelera do Algarve a Bragança... bem gostava de ver isso. (FiuFiu)

BeijOOooOOoOOO

Peruca de Tule disse...

PS

A mim parece-me mais q aliviam a pressão da testosterona de outro modo... e poupam na gasolina.

;P BeiJaçOooOO

eva disse...

Parte tudo de uma questão de auto-controlo... Ou de controlo do que se sabe... :P (credo, que bregerice...) Na realidade, não sei quem sofre mais. É cada um com as suas... :)