quarta-feira, 9 de maio de 2012

Poder de encaixe...

Por vezes não temos a noção do impacto que as nossas palavras têm nos outros. Quando as dizemos, na maioria das vezes, não o fazemos com má intenção, saem... mas não voltam atrás.
Quando estamos no papel de receptor a mensagem chega-nos de outra forma, sentimos o choque daquilo que não queremos ouvir como se de um murro se tratasse. Nestes momentos, e por maior que seja a dor, procuro amortecer a informação... decifrá-la... traduzi-la... numa tentativa de minorar os estragos causados.

As tuas palavras continuam a ecoar aqui dentro... e por mais que tente o ricochete ainda não terminou.

4 comentários:

Blue star disse...

Sempre ouvi dizer que por vezes há um enorme fosse entre aquilo que dizemos e aquilo que a outra pessoa entende.
Deve ser isto!
=)

* * *

Vera, a Loira disse...

E nunca podemos voltar atrás naquilo que dizemos, fica para sempre. Mas por vezes é dito com um sentimento e escutado com outro. Pensa nisso.

Um gajo qualquer... disse...

Blue star
Faz lembrar aquela brincadeira de meninos... o telefone avariado ;)

Vera, a loira
Bem-vinda :)
Pensei mesmo, daí dizer que procuro sempre processar a informação ;)

Maria disse...

Este texto é muito.

PS: Há que fazer com que as atitudes se sobreponham às palavras.